Guia de Brechó #1 - Não julgue pela aparência

Oi oiii !
Se eu tomei chá de sumiço? Tomei alguns litros hahaha
O motivo que me trouxe de volta (além da saudade) foram as inúmeras perguntas sobre brechó: Onde comprar? Como comprar? Valores? E outras dúvidas que muitas de vocês tiveram. Com isso resolvi criar o Guia do Brechó, onde serão alguns posts para esclarecer algumas dúvidas e vocês aproveitarem ao máximo sua visita aos brechós. Estão prontos?

#1 - Não julgais o brechó pela aparência!

Esse item está no topo da lista de coisas que todas as pessoas fazem, é aquele velho ditado 'não julgue o livro pelo capa'. E quando se trata de brechó é a mesma coisa.
Brechó sempre foi sinônimo de coisa velha, mas esse pensamento e essa realidade era antigamente, e hoje existem vários brechós que investem muito em sua estrutura deixando o ambiente cada vez mais confortável e agradável afinal você irá passar belas horas garimpando suas peças.

Art Fina - Rua Santa Luzia, nº 177

Brechó Jardim Secreto - Rua José Faro Rollemberg, 674 - Salgado Filho

Brechótique - Rua Santa Luzia 204 A, centro

Gente se deem a oportunidade de conhecer novos ambientes, não julgue o brechó apenas pela estrutura onde muitas vezes você pode perder vários looks por conta desse 'preconceito'.
Se for ruim de verdade, você nunca mais volta lá. É bem simples.

E aí, que tal visitar aqueles brechós que você nunca se interessou em entrar?
Aguardem as próximas dicas do Guia de Brechó!

Beijo da Pretinha

Um comentário:

  1. brechó é só entrando e olhando pra saber msm ne? Gosto tbm de bazar de igreja aiosjiaojs sempre tem achadinhos lindos *-*

    Peixinhos, Gabbe.
    Talo de Maçã

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita!
Beijos

pretapretinhablog@gmail.com